Em Memória de... Lucy

Lucy

Sesimbra, 15 de Julho de 2007 
A Lucy morreu hoje, vitima de um tiro de caçador. Propositado.

A Bianca tem um abrigo, junto a uma reserva de caça.
Por vezes alguns animais saem, 3 ou 4 residentes, mas regressam sempre ao fim de uma hora.
No domingo, dia 15 de Julho, às 10h ouviram-se dois tiros e uma cadela, a Podenga veio a correr super assustada à procura do portão, desesperadamente!
A Lucy não veio com ela. Fomos logo procurá-la mas nada.
As buscas continuaram até que pelas 19horas foi encontrada com um tiro no olho esquerdo. Estava a 30 metros do abrigo. A Lucy tinha chapa identificadora, com telefone, microchip e o gancho de prender à corrente ainda no pescoço.

Será que abriu a época da caça aos cães? Não bastava dar um tiro para o ar, se o animal incomodava estar onde estava?
E querem fazer-nos acreditar que os caçadores são boas pessoas! Que tiro certeiro. Até houve a preocupação de testar a pontaria, certeira no olho. Que homem másculo!!!! Será assim tão decidido nas coisas importantes da vida ou é um cobarde que se sente homenzinho com uma arma na mão?

A reserva é da Associção de Produtores Florestais da Peninsula de Setubal, e tem os contactos Telef. 212 681 201 212 685 499. A reserva também pertence, pelo que apurámos, à Associação de Caçadores da Herdade da Ferraria. E pelo que tambem conseguimos apurar os guardas têm ordem para abater todo o animal que ali entre. E se for um de duas patas? Tambem atiram? E se for um de duas patas com uma arma na mão?

A reserva dá para a estrada e não é vedada. Qualquer animal lá entre, aliás qualquer pessoa. Hoje estavam 4 motoquatro a fazer corridas.Tem apenas dois arames horizontais suportados por estacas de um metro, distantes entre si.