Em Memória de... Branquinho PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

O Branquinho foi capturado na Lagoa, mas ao fim de bastante tempo, pois a colaboradora já tinha feito várias tentativas. Tem medo, muito medo. Depois de um tratamento à pele, descobriu-se que tinha leshmaniose. Fez também o tratamento. No entanto é um animal muito assustado e desconfiado. Por isso só pode ser adoptado por alguém que o compreenda e tenha muita paciência. Mas também pode ser apadrinhado e assim també é uma boa forma de ajudar-nos a dar-lhe melhor qualidade de vida. Faz medicação diária.

 
Branquinho faleceu em agosto de 2016.