Em Memória de... Oscar (gato) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Mais uma vítima da estupidez do ser humano. Quando é que as pessoas vão perceber que os gatinhos não sobrevivem sem o leite e o tratamento que só a mãe gata lhes pode dar. O pobre Oscar ainda teve esse tratamento até aos seus 15-20 dias, quando alguém resolveu deixá-lo no quintal doutra pessoa. Essa senhora entregou-nos e tudo fizemos para o salvar mas com esta idade, e sem a mãe torna-se quase impossível. Querido Oscar descansa em paz e olha por nós com o teu olhar doce e atento pois nunca te vamos esquecer...